Equity Crowdfunding: unindo investidores e empreendedores

A busca por investimento para alavancar um negócio, principalmente em fase inicial, é algo muito comum, e ao mesmo tempo complicado, para a grande maioria dos empreendedores de todo o mundo, e no Brasil não é diferente.

As alternativas são muitas. Você pode aplicar recursos próprios, buscar empréstimos em bancos e troca de juros, ou buscar investidores, que muitas vezes se tornam sócios do seu negócio. Para essa última alternativa, existem algumas formas de conseguir atrair alguém que aceite colocar dinheiro e apostar no crescimento no seu negócio. A mais nova possibilidade de buscar investidores, principalmente no Brasil, é através de equity crowdfunding.

O que é Equity Crowdfunding?

O financiamento coletivo não é novidade no Brasil e no mundo para viabilizar projetos sociais, pessoais, eventos, e até mesmo para viabilizar produtos em fase experimental. Geralmente é oferecido uma recompensa por quem ajuda os projetos de acordo com o volume desembolsado. Esse tipo de financiamento coletivo é chamado crowdfunding.

A novidade trazida pela criação do equity crowdfunding é a de captação colaborativa de recursos financeiros para o seu negócio, mas aqui os colaboradores são investidores, geralmente liderado por um investidor âncora, que entra com uma cota maior de investimento, endossando a qualidade da startup frente ao mercado e os demais investidores.

Em outros países, essa é uma prática não tão recente quanto é no Brasil. Países como a Inglaterra, Holanda, China, Austrália e Alemanha já captaram centenas de milhões em investimentos para várias startups. Na Austrália, por exemplo, já foram captados mais de US$129 milhões, que foi dividido em aproximadamente 176 empresas.

Equity crowdfunding no Brasil

A primeira operação de equity crowdfunding realizada no Brasil foi concluída em junho desse ano (2014). O financiamento coletivo aconteceu para a própria plataforma virtual de investimento coletivo, a Broota, primeira plataforma de equity crowdfunding do nosso país.

O grande diferencial do equity crowdfunding é que “a busca por capital não se restringe aos recursos financeiros. A experiência do investidor conta muito, e ele franqueia acessos importantes para empresas que estão começando.”, defende Cassio Spina, fundador da Anjos do Brasil, para a revista Época Negócios.

Empresas especializadas em Equity Crowdfunding

Como dito, existem várias plataformas de crowdfunding pelo mundo, mas no Brasil essa modalidade saiu do papel há muito pouco tempo. Listamos aqui algumas dessas empresas:

No Mundo

No Brasil

  • Broota
    • Definem-se da seguinte forma: “O Broota é uma plataforma virtual que permite o contato direto entre empreendedores que buscam capital e pessoas que querem investir em projetos inovadores.”
  • Eusocio
    • Definem-se da seguinte forma: “O EuSócio é um ambiente virtual que aproxima empreendedores e investidores, viabilizando a realização de investimento coletivo online (equity crowdfunding) em micro empresas e empresas de pequeno porte fundadas no Brasil.”

Quero captar recursos utilizando Equity Crowdfunding. E agora?

Não basta ter uma ideia, um plano de negócio e acreditar na sua ideia. Ninguém, ou quase ninguém, investe em idéia e potencial apenas. Você precisa ter uma empresa, micro ou pequena, para começar a pensar em procurar investimentos. Para compartilhar seu projeto em uma plataforma de equity crowdfunding não é diferente, seu projeto precisa ser uma empresa.

Na sequência você precisa se preparar e preparar o seu negócio, sempre seguindo as coordenadas da plataforma onde você escolheu para publicar o seu projeto. Vale lembrar que não existe um “processo seletivo”, ou seja, se seu projeto preenche os requisitos solicitados pela plataforma, ele será publicado e seu pitch aberto para investimento. Quem avaliará seu negócio e definir se ele é bom ou não, são os investidores presentes na plataforma, que definirão se investirão ou não no seu negócio.

O pessoal do Eusocio, em seu primeiro webinar, em dezembro de 2013, falou sobre “Como preparar o pitch da sua startup para receber investimento coletivo online na Plataforma Eusocio“. Deixo aqui a gravação do webinar:

Conclusão

Isso tudo aqui listado é apenas o começo de um profundo estudo para este universo gigantesco e promissor a respeito de platataformas online de captação coletiva de recursos financeiros. Certamente é uma alternativa extremamente interessante e viabilizará de forma mais simples e democrática o casamento entre investidores e empreendedores. Talvez saia daí a primeira startup brasileira com valor de mercado superior a US$ 1 bilhão.

Sugiro que você  assista um outro webinar do pessoal do Eusocio realizado junto com o Fernando Campos, fundador do fundo semente Lab22, sobre a visão do investidor ao analisar um negócio e avaliar um investimento (ou não) em uma startup. Clique aqui para acessar este webinar.

Confira também...

Vinícius Mont Serrat

Sobre

Fundador

3 Comentários

em Equity Crowdfunding: unindo investidores e empreendedores.
  1. |

    Olá Vinícius, quero dar lhe parabéns por essa excelente matéria sobre Equity Crowdfunding, realmente o investidores Brasileiros tem mais uma opção de coletivamente contribuir com o empreendedorismo, aqui você cita duas grandes plataformas, que são as pioneiras no Brasil.
    Agora o Equity Crowdfunding tem tudo para torna tendência e conectar startups e empreendedores e investidores com mais facilidade, eliminando a burocracia e aumentando o numero de novas empresas no mercado nacional.

  2. […] Quando o assunto é buscar um investidor, existem algumas formas de fazer isso. No Brasil, a mais nova alternativa é a busca por equity crowdfunding, que nada mais é do que colocar seu negócio à vista de investidores, que podem se interessar em investir no seu negócio. Falaremos mais sobre este assunto no post “Equity Crowdfunding: unindo investidores e empreendedores“. […]

Deixe um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Fique tranquilo, seu e-mail não será publicado.

Aguarde...