Como vencer a falta de concentração em um ambiente de trabalho descontraído

* Guest-post produzido por Antônio Carlos Soares, CEO do Runrun.it, software de gestão de tarefas, tempo e desempenho

Hoje, inúmeras empresas são meticulosamente planejadas para oferecer qualidade de vida aos funcionários, proporcionando ambientes mais descontraídos. Essa revolução, que teve início em empresas de tecnologia, já ganhou espaço em empresas de outras áreas. É uma tendência: escritórios com espaço aberto, decoração despojada, videogames, sofás, mesas de ping-pong, entre outras formas de entretenimento – que podem ser curtidas durante o expediente pelos colaboradores. Neste post, mostramos como funciona no Google. Uma das principais vantagens dessa cultura é o estímulo à interação e ao diálogo. Em contrapartida, a falta de concentração pode se tornar um risco constante se não houver um gestão inteligente do trabalho.

Se você trabalha num ambiente com esse perfil, entenda que é importante evitar o vislumbre, para não acabar perdendo o limite entre diversão e trabalho. É preciso uma dose extra de maturidade para saber lidar com a liberdade oferecida pela empresa. Está tendo problemas para lidar com as distrações? Aqui vão cinco dicas certeiras para ajudar você na missão de se concentrar melhor.

Faça uma auditoria do seu tempo

auditoria-do-tempo

Para saber se a falta de concentração é um problema no seu ambiente de trabalho, você deve ter bem claro para onde tem ido o seu tempo. Assim, você descobrirá se as distrações são desvios inofensivos ou ralos das suas horas. O melhor modo de fazer isso é também o mais simples: pegue um caderno e faça uma nota para si mesmo(a). Sempre que você perceber que sua atenção está vacilando, quando já deveria ter voltado ao trabalho, marque, por exemplo, um xis no seu caderno.

Ao fim de alguns dias, você terá ideia de quantas vezes esteve fora, jogando um game, ou relaxando na área de lazer. Assim, poderá fazer um balanço, se não está extrapolando. Além disso, manter um registro do que você está fazendo provavelmente vai te manter um pouco mais honesto(a) sobre sua produtividade. E uma vez que você tem uma ideia de quanto tempo gasta distraído(a) e quanto tempo você gasta trabalhando, você precisará das ferramentas certas para administrar essas distrações.

Vá ao cerne da questão

A distração mais prejudicial não tem a ver com YouTube, com o grupo animado conversando na mesa ao lado, ou com o videogame, tem a ver com a forma como reage a elas. Nossas mentes são suscetíveis à falta de concentração, e tudo o que podemos fazer é controlá-las para que elas façam o que dissermos. Não importa onde você trabalha, o que tem para fazer hoje, e o que precisa para trabalhar, é preciso que você se convença de que você é quem tem que tomar a decisão de fazê-lo. Aliás, elaboramos um guia para nocautear a falta de concentração.

Agende as suas pausas

Esse é um ótimo método para garantir sua produtividade e também seus momentos de descanso ao longo do dia. O melhor momento para fazer uma pausa que não está agendada é quando você percebe que seu trabalho começa a ficar complicado e é iminente a ruptura da sua atenção. Nessa situação, você pode fazer uma pausa, recarregar as energias e voltar ao trabalho com outra cabeça…

Porém, se você programar pausas regulares e tentar manter a mesma programação, se manterá mais produtivo(a) e mais relaxado(a). Se você tiver muito trabalho a fazer, dedique-se pode tentar o método 50 para 10. Trabalhe por 50 minutos e relaxe por 10. Depois, volte ao trabalho. Se quiser se aprofundar no assunto, selecionamos 47 macetes para aumentar sua produtividade!

Escolha um lugar para se concentrar

mesa de trabalho concetrar

Uma queixa frequente é a falta de privacidade em um escritório aberto. Em parte, isso é deliberado: designers e gestores acreditam que uma vez que as paredes foram derrubadas, os colaboradores ficam mais propensos a ter conversas informais que inspiram novas ideias. Por falar nisso, confira estas dicas contra bloqueio criativo.

Dependendo da tarefas que você estiver executando, a concentração exigida é mais alta que o padrão. Nesse caso, talvez você precise de um local reservado e silencioso. Mude-se por algumas horas para uma sala de reunião, por exemplo. O importante é que, ao chegar ao novo ambiente, você evite também as distrações na Internet, por estar a sós.

Silencie o som ao redor

Basta um rápido olhar por qualquer escritório de plano aberto (especialmente um repleto de colaboradores jovens), e você verá que muitos sabem lidar com este problema recorrendo ao bom e velho fone de ouvido.

Você pode questionar se uma trilha sonora constante também distrai. Bem, isso depende da tarefa e depende da trilha. Música pode ser excelente para absorver e lembrar informações, sugere um estudo de 2010 publicado na Applied Cognitive Psychology, que mostra que a reprodução de músicas que você gosta pode dar um up no seu humor se você ouvi-la antes de iniciar uma tarefa. A pesquisa ainda diz que música clássica ou instrumental aprimora o desempenho em atividades que demandam maior esforço intelectual. Você já suspeitava, não é?

Para tarefas que exigem concentração total, em que um mínimo movimento de alguém tira toda sua atenção, escolha músicas que são capazes de silenciar o mundo ao seu redor. E para isso, pode contar com esta seleção especial de músicas contra a falta de concentração e a favor do bom humor.

Gostou do texto? Compartilhe com seus colegas, deixe um comentário!

Até a próxima

Confira também...

1 Comentário

em Como vencer a falta de concentração em um ambiente de trabalho descontraído.

Deixe um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Fique tranquilo, seu e-mail não será publicado.

Aguarde...