A relação homem e máquina

Será que os homens hoje são uma espécie de máquinas ou será que as máquinas estão pendendo cada vez mais para o lado o humano? A relação homem e máquina vigora tanto na sistematização da política, economia, como na vida sociocultural.

Detendo-se ao sistema econômico, o modelo de organização empresarial, segundo M. Castells – autor do livro “Sociedade em Rede”, pode ser definido como: “ativos na rede”, “passivos na rede” e “desconectados”. Estes “status” são totalmente influenciados pelo tripé econômico global: produtividade, competitividade e lucratividade, que sua vez, dependem da conexão entre as unicidades econômicas e como elas administram o fluxo de informação.

Esta é uma visão macro de como funciona a integração no mundo atual e mecanizado. Tornar isso mais palpável e próximo a realidade, pode ser um caminho para o sucesso do seu negócio.

Gestores contam cada vez mais com as máquinas para ajudá-los na automação de tarefas burocráticas, saiba como manter o controle efetivo de sua equipe, aliando à capacidade tecnológica ao reconhecimento e valorização do trabalho humano.
Tudo fica mais claro, quando se analisa a relação interdependente “homem e máquina”.

#SEMELHANÇAS

Como os humanos, as máquinas têm capacidade de aprenderem sozinhas. Prova disso, é a constante evolução de algoritmos e técnicas capazes de fazer com que as máquinas extraiam regras de um grande número de dados – ramo conhecido como Inteligência Artificial.

#DIFERENÇAS

O uso de máquinas para determinadas atividades, como por exemplo os serviços de geolocalização, é muito mais eficiente – a automação é capaz de absorver maior quantidade de informação em menos tempo. Em contrapartida, a gestão humana é aberta às diferenças, considera também as exceções à regra, o que traz mais identidade ao negócio.

#O FUTURO

De acordo com McKinsey, para uma, é necessário que haja o reconhecimento de talentos potenciais para a inovação da empresa.

Você pode começar a colocar isso em prática hoje mesmo, criando uma conta no Runrun.it. A partir dos relatórios digitais desse Gerenciador de tarefas, você poderá verificar quanto tempo e quanto dinheiro foram gastos nas etapas, e se tudo corre conforme o planejado.

A inteligência artificial é como a mão esquerda dos destros e a direita dos canhotos: está lá o tempo todo e nem nos damos conta de como seria extremamente custoso trabalhar sem ela.

Confira também...

Sobre

Deixe um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Fique tranquilo, seu e-mail não será publicado.

Aguarde...